Servidores Removidos ou Cedidos

SERVIDORES REMOVIDOS:

 

Os servidores removidos do TRT5 para outros Regionais continuam fazendo jus ao adicional de qualificação, portanto é indispensável que cadastrem na intranet os cursos e eventos dos quais participou, encaminhando, via PROAD a documentação comprobatória.

Quanto aos servidores removidos para o TRT5, devem providenciar o cadastramento das ações nos seus órgãos de origem.

 

SERVIDORES CEDIDOS:

 

  • Adicional de qualificação por ação de treinamento e pós-graduação:

 

Nos termos da Portaria Conjunta Nº 01/2007 e da RA TRT5 Nº 29/2007, servidores cedidos não perceberão o adicional de qualificação durante o afastamento, exceto se a cessão se der com a opção pela remuneração do cargo efetivo e para órgãos do Poder Legislativo e Judiciário da União e da administração pública direta do Poder Executivo Federal.

 

  • Adicional de qualificação de curso superior para servidor ocupante do cargo de Técnico Judiciário:

 

Nos termos da Portaria Conjunta Nº 02/2016 os servidores cedidos não perceberão o adicional de qualificação durante o afastamento, exceto se a cessão se der com a opção pela remuneração do cargo efetivo e para órgãos da União ou para a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário – FUNPRESP-JUD.